Nosso Selo é Garantia de Origem e Qualidade

Apenas os cafés produzidos dentro da área demarcada e que seguiram as regras específicas de produção, definidas pelo Conselho Regulador da nossa região, é que podem ser certificados e receber a denominação Mantiqueira de Minas - IP. O selo de Origem e Qualidade - Mantiqueira de Minas - IP reconhece o que já é valorizado: um produto exclusivo e inerente ao território e aos produtores da nossa região.

Barcode

A Experiência da Origem - Tendência de Consumo

Depois do Brasil ter se tornado o maior produtor e exportador e o segundo maior consumidor de café do mundo, o país é hoje um dos maiores fornecedores mundiais de cafés especiais, diferenciados por sua qualidade e valores socioambientais. Atualmente quase todas as regiões cafeeiras do Brasil produzem grãos especiais.

O país há muitos anos produz cafés de qualidade excepcional e variada pela sua diversidade de climas, altitudes e tipos de solo. Mas agora o setor produtivo valoriza cada vez mais este mercado impulsionado pelo movimento rumo à diferenciação do produto, devido às novas exigências do mercado externo e interno.

O café consumido no país tem ganhado em qualidade porque os cafés especiais têm caído no gosto dos brasileiros. A população tem optado pelo produto diferenciado e a indústria tem buscado atender a esse consumidor mais exigente. Valorizar a origem, sabores e aromas, passa a ser cada dia mais parte do universo de consumidores que buscam a qualidade dos grãos especiais. Essa nova tendência no Brasil e no mundo traz novas oportunidades de negócios e desenvolvimento para o país.

A Experiência da Origem - Café com História, Origem e Qualidade

Mas afinal, o que há por trás de uma boa xícara de café? Essa é uma pergunta cada vez mais comum, pois as pessoas estão em busca de mais informações sobre os produtos que consomem. É por isso que os cafés identificados com o selo de Origem e Qualidade Mantiqueira de Minas – IP refletem nossa cultura, nosso jeito de ser e o entusiasmo que sentimos ao produzi-los. Através desse selo, oferecemos um passaporte para as belas montanhas e fazendas centenárias da nossa região, demonstramos os detalhes dos processos que resultam em cafés raros e surpreendentes, evidenciamos o cuidado com o ambiente e o respeito com as pessoas.

E também compartilhamos nossas histórias, aproximando quem produz e quem consome. Torrefadores que comercializam os cafés certificados com a Indicação de Procedência Mantiqueira de Minas têm à sua disposição uma poderosa ferramenta de diferenciação, oferecendo ao consumidor uma autêntica e saborosa experiência de conexão com a origem.

Como Obter o Selo Para Produtores e Torrefadores

Para obter autorização de uso do Selo da Indicação de Procedência Mantiqueira de Minas, é necessário que os seguintes requisitos sejam atendidos:

PRODUTORES
• A propriedade deve estar inserida na área demarcada;
• Ser obrigatoriamente associado em entidades que compõem o Conselho da Mantiqueira: COCARIVE, COOPERRITA, COOPERVASS, SINDICATO DOS PRODUTORES RURAIS DE CARMO DE MINAS e de SANTA RITA DO SAPUCAÍ;
• Os lotes de café deverão estar devidamente preparados e estarem depositados em armazéns da COCARIVE, COOPERRITA ou COOPERVASS;
• Qualidade mínima quanto à análise sensorial: obter 83 (oitenta e três) pontos ou acima, na metodologia SCAA, por pelo menos 02 (dois) degustadores das Cooperativas associadas à APROCAM.

TORREFADORES
Definição do produto: café torrado em grão e/ou torrado e moído, cuja matéria-prima seja comprovadamente originada da aquisição de cafés verdes com a identificação geográfica na modalidade Indicação de Procedência;
• O produtor que obteve o Selo de Indicação de Procedência Mantiqueira de Minas deve informar à APROCAM a empresa compradora do lote, bem como a quantidade vendida e o local (cidade, estado ou país) de destino;
• O comprador do lote de café com Selo, desde que autorizado pelo vendedor, poderá adquirir selos do controle de rastreabilidade junto à APROCAM, que fará a separação dos selos de acordo com o peso das embalagens de venda (250 g, 500 g, etc.), na proporção de 50 kg por saca (devido à perda de peso durante a torra);
• O vendedor será responsável por fiscalizar o processo de entrega do lote e a utilização dos selos na embalagem de café torrado em grão e ou torrado e moído;
• Através do QR CODE na embalagem, o consumidor poderá rastrear todas as informações sobre o lote de café, história, premiações, certificações, etc;
• Poderá ser realizada auditoria por parte do Conselho Regulador da qualidade do café disponibilizado à comercialização.


Informações e Operacionalização para obtenção do Selo da Indicação de Procedência Mantiqueira de Minas Gerais, entrar em contato na APROCAM – Gestora da Indicação de Procedência.